10 itens do carro que precisam ser verificados com frequência

A Evolução da Proteção Veicular

Depois de comprar um carro

Muitas preocupações vão surgindo e é necessário sempre cuidar e verificar o estado do seu veículo. Para mantê-lo sempre em bom estado de funcionamento e, assim, aumentar a durabilidade, é importante verificar esses 10 itens com a frequência estabelecida pelo fabricante.

Fique sempre atento aos 10 itens do seu carro que precisam ser verificados com frequência!

1- Óleo do motor

oleo-motor

O ideal é verificar o óleo do motor toda semana. Antes de ligar o carro e com o automóvel nivelado, ou seja, sem estar em uma descida ou subida, retire a vareta e limpe-a para fazer a medição correta.

Em seguida, insira novamente a vareta. A marca do óleo deve estar entre as marcações de mínimo e máximo da vareta. Caso esteja abaixo do ideal, vá até um posto de combustível e peça para que eles completem o óleo do motor.

2- Fluido e pastilhas do freio

freio

O fluido do freio deve ser trocado a cada dois anos. Por ter a propriedade de absorver água, o fluido pode evaporar com o calor dos freios e formar vapor dentro do sistema, o que prejudica muito o funcionamento do mesmo.

Se as pastilhas do freio estiverem abaixo da espessura adequada, estas também devem ser trocadas.

3- Água do radiador

radiador

Assim como o óleo do motor, deve ser verificada toda semana. Antes de dar a primeira partida e com o carro nivelado, a água deve estar entre o mínimo e máximo indicados no reservatório.

Lembre-se: O líquido de arrefecimento também deve estar na quantidade proporcional. Apenas a água pura não é suficiente.

4- Pneus e rodas

Os pneus devem ser calibrados a cada quinze dias e todas as vezes que você for viajar. Observe sempre as letras TWI nas laterais dos pneus. Quando o nível de desgaste atingir o máximo, eles devem ser trocados.

Outro macete importante para aumentar a durabilidade dos pneus é manter o carro sempre alinhado e balanceado, para que as rodas e os pneus se desgastem por igual. Além disso, um carro balanceado e alinhado aumenta consideravelmente a sua segurança, diminuindo as chances de acidentes.

5- Velas de ignição

Caso as velas não estejam em bom estado, o consumo de combustível aumenta e o desempenho do veículo cai. Em geral, os fabricantes recomendam fazer a primeira troca após os 20.000km rodados.

6- Bateria

As baterias atuais, em geral, dispensam a adição de água e a manutenção constante. Deve-se apenas verificar se os cabos estão limpos e bem fixados aos pólos da bateria.

Caso seu carro vá ficar muito tempo sem ser utilizado, o ideal é desplugar o cabo do pólo negativo para que a bateria não seja descarregada.

7- Suspensão

Os amortecedores e as molas costumam durar em torno de 30.000km, mas se você costuma passar por estradas de terra ou pisos esburacados, pode ser necessário verificar a suspensão com maior frequência.

Além das molas e dos amortecedores, convém checar o funcionamento das folgas, trincas e quebras em juntas dos braços e das barras de suspensão.

8- Óleo de câmbio

A grande maioria dos carros conta com caixas de câmbio que não necessitam de troca de óleo. Caso seu carro não seja assim, a sugestão é trocar o fluido a cada 30.000km.

Para carros automáticos, a troca de óleo é necessária de acordo com as recomendações do fabricante.

9- Correia Dentada

O rompimento da correia dentada traz sérios danos ao motor. Por isso, é melhor evitar o risco.

Ela deve ser trocada por um bom mecânico a partir dos 30.000km rodados, dependendo do fabricante e modelo do veículo.

10- Filtros

itens do carro que precisam ser verificados

Os filtros de ar devem ser trocados a cada 7.000km e sempre que a vazão de ar dentro do motor estiver comprometida.

Já os filtros de combustível devem ser trocados a cada 10.000km, e os de óleo, sempre que houver troca do óleo do motor.

Agora que você já sabe como verificar seu carro, garanta mais ainda a sua segurança com os serviços da Cooperlink Brasil! Peça sua cotação online!

Voltar